Anticoncepcional: como saber qual o ideal para você?

Foto: Divulgação

Folha Vitória

Folha Vitória Folha Vitória

Atualmente existem diversos tipos de anticoncepcionais no mercado: via oral, injeção, implantes dérmicos, DIU, camisinha, entre outros. As opções são tantas que as mulheres ficam até perdidas na hora de escolher o tipo de anticoncepcional! A primeira regra para fazer a escolha correta é conversar com um médico ginecologista, fazer os exames e verificar qual método é o mais indicado para o seu organismo.

Segundo a ginecologista e obstetra Lorena Baldotto, é impossível dizer com exatidão qual é o melhor método, isso porque cada um é feito com um tipo de hormônio, que carrega suas particularidades e devem ser analisadas com muito cuidado durante o processo de escolha.

Além disso, outro fator que deve ser considerado são os efeitos colaterais que podem aparecer com o uso da medicação. Isso ocorre porque além dos anticoncepcionais serem distintos, os organismo femininos também apresentam diferenças entre si.

Alguns efeitos reversos são vômitos, náuseas e até mesmo dores de cabeça. Cansaço, inchaço e desânimo também acometem algumas mulheres. “Os efeitos podem ser vários por isso é importante conversar com seu médico e juntos decidirem qual é a melhor opção”, alertou Lorena.

Segundo a ginecologista, algumas mulheres precisam mudar o método várias vezes até encontrar um que se adapte melhor a sua rotina. 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: