Árvores com risco de queda do Parque Chico Mendes são retiradas

Prefeitura retirou árvores que corriam o risco de queda no parque Crédito: Alina Souza

Prefeitura retirou árvores que corriam o risco de queda no parque Crédito: Alina Souza Correio do Povo – Cidades

Um serviço de manejo de árvores no Parque Chico Mendes, no bairro Mario Quintana, em Porto Alegre, gerou preocupação entre moradores e usuários do local. Porém, o trabalho, realizado há algumas semanas, teve como finalidade a retirada de árvores que corriam o risco de queda. Segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), o trabalho ocorreu nos eucaliptos localizados próximos às ruas Sargento Sílvio Delmar Hollenbach e José Pereira de Borba, que fazem o contorno do Parque. A área verde tem caminhos internos, além de quadra de esportes e espaços para refeições. Os serviços de manejo da arborização são importantes exatamente para retirar árvores que estão com risco. Por exemplo, havia alguns eucaliptos com dano interno no tronco, o que compromete o estado da árvore, representando risco de queda, mesmo que aparentemente do lado de fora elas não aparentem. Ao todo, a ação feita por funcionários da secretaria resultou na remoção de 14 árvores secas, mortas ou irrecuperáveis. Além disso, foi realizada podas para desobstrução dos passeios. Os serviços envolveram oito funcionários e dois caminhões. Em geral, os vegetais suprimidos são encaminhados à Estação de transbordo do DMLU na Lomba do Pinheiro, onde o material orgânico é separado e grande parte vira adubo. O serviço de poda e de remoção auxilia ainda na melhora visual no parque, garantindo também maior segurança de quem frequenta o parque. No final de maio, por exemplo, os funcionários identificaram a presença de foco de incêndio criminoso em um eucalipto. O fogo foi controlado, mas durante a madrugada os vândalos voltaram ao local e novamente colocaram fogo à árvore. Lixo Os usuários e moradores do entorno do Parque Chico Mendes, na zona Norte de Porto Alegre, enfrentam frequentemente com problemas de lixo deixado na rua. Um dos pontos críticos, segundo moradores, é na rua Irmão Idefonso Luiz, praticamente na frente da entrada principal do parque. No local, há um terreno aberto, onde os resíduos são despejados de maneira irregular. O lixo era formado tanto por restos de móveis, como madeiras de guarda-roupa, e de alimentos e itens de higiene. Um dos moradores, que preferiu não se identificar, disse que o problema é constante. A situação foi repassada à Secretaria de Serviços Urbanos de Porto Alegre, que verificará a situação com a equipe técnica. Denúncias foram despejo irregular de lixo devem ser feitas pelo telefone 156, da prefeitura, informando o local.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: