Bebê dá gargalhada, bate palma em batizado e vídeo viraliza: ‘Adora um banho’, diz a mãe

Família de Campo Limpo Paulista (SP) se divertiu durante a cerimônia realizada em abril. Vídeo soma mais de 500 mil visualizações no perfil da mãe do pequeno Gustavo, de 10 meses.

O vídeo de um bebê que cai em gargalhadas e bate palmas durante o batizado repercutiu nas redes sociais nos últimos dias. A gravação, feita em abril na Paróquia Santa Luzia, em Campo Limpo Paulista (SP), somava mais de 500 mil visualizações até a noite desta segunda-feira (1°).

Como foi replicado em outros canais e perfis na internet, o vídeo teve um alcance ainda maior, que a família não consegue mensurar. Gustavo de Oliveira Dias Guimarães tem apenas 10 meses e, segundo a mãe, Juliane de Oliveira Dias Guimarães, de 29 anos, a criança foi a última a ser batizada no dia da celebração. A atitude do menino surpreendeu a todos os convidados.

“Ele adora tomar banho, adora uma água. Nós temos que trancar a porta quando damos banhos nele. Mas confesso que eu não esperava que ia gostar tanto do batismo”, lembra a auxiliar odontológica.

A cerimônia ocorreu no dia 16 de abril, quando 10 crianças foram batizadas. No vídeo, o padre segura o bebê, que sorri a cada contato com a água. “Gustavo, eu te batizo em nome do Pai, em nome do filho e do Espírito Santo”, diz o padre com pausas, até terminar o batismo com palmas do público e comemoração da criança.

Tudo foi registrado por uma amiga dos pais da criança, que também foi acompanhar o batismo de outro bebê. As imagens foram publicadas na internet no dia 25 de abril com o intuito de familiares, que não estavam presentes na ocasião, verem a reação do menino. Desde então, segundo a mãe, milhares de pessoas compartilharam e se divertiram com atitude do Gustavo.

“Não achei que iria repercutir. Gente de todo o Brasil mandou mensagens falando dele, que acharam legal e deram muita risada”, diz.

Os pais optaram pelo batismo de imersão na água que, para eles, é uma cerimônia mais bonita. “Várias pessoas me criticaram por ele estar sem roupa, mas achamos que é diferente. Conversamos com o padre e ele aceitou. Mesmo tendo gente que ache estranho, o Gustavo se divertiu muito”, disse ao G1 a mãe, que tem mais uma filha de 7 anos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*