Campeonato Brasileiro | Corinthians chega a 89% de chance de título; Palmeiras ‘some’

Getty

Chances de título do Corinthians dispararam

Chances de título do Corinthians dispararam

O Corinthians colocou definitivamente uma mão na taça de campeão brasileiro. Ao menos é isso o que dizem as estatísticas do Soccer Power Index (entenda como funciona abaixo), da ESPN

Com o triunfo diante do Coritiba e o tropeço do rival Santos contra a Ponte Preta, o time de Fábio Carille chegou a incríveis 89% de chances de ser campeão.

É a maior marca do time alvinegro em todo o Brasileirão, principalmente porque agora restam apenas 11 rodadas para o fim da competição.

E também é uma ótima resposta depois de um segundo turno conturbado. Com vários tropeços, o Corinthians chegou a deixar a probabilidade cair para 62%, mas agora se recuperou bem.

Ainda vice-líder, o Santos é o segundo que mais tem chances, mas fica agora com apenas 5%. O Grêmio caiu para 3%.

Gian analisa jogo do Santos e diz: ‘É muito difícil botar fé em qualquer um dos perseguidores do Corinthians’

Outro ponto bastante interessante é a chegada do Cruzeiro, que pela primeira vez tem chances relevantes: 2%.

Já o Palmeiras ‘desapareceu’ de vez do ranking. Com o empate diante do Bahia, o time alviverde agora tem menos de 1% de chance, um valor ‘irrelevante’ para as contas.

Antero Greco: ‘O Palmeiras passou 12 dias treinando para mostrar o que? Que tipo de jogada diferente?’

DO OUTRO LADO…

Se o Corinthians tem sua maior probabilidade de ser campeão, o São Paulo voltou a ter chances relevantes de ser rebaixado: 20%.

Não por menos: com a derrota para o Atlético-MG, o time tricolor voltou a zona de rebaixamento. Mesmo assim, a equipe de Dorival Júnior é apenas a oitava com maior chance de degola.

São Paulo está evoluindo? Bertozzi classifica declarações de Dorival como ‘preocupantes’

Já o Fluminense melhorou um pouco e agora tem 19% de chances de ser rebaixado.

  • Entendendo o Soccer Power Index

O Soccer Power Index (SPI) é um índice criado pela ESPN em 2009, com a proposta de analisar o futebol unindo perspectivas objetivas e subjetivas. Atualmente, a ferramenta tem ranking de 24 ligas nacionais de futebol, incluindo a Série A do Brasileiro, e ainda acompanhará a Champions League e a Liga Europa.

A metodologia dos números usa quatro fatores básicos a cada partida – que envolvem os gols marcados e finalizações – para avaliar as performances dos times, criando medições ofensivas e defensivas. Esses índices, então, permitem o cálculo das probabilidades de vitória, empate ou derrota em cada jogo.

Com essas projeções, a ferramenta simula as possibilidades para os duelos futuros e, seguidamente, a temporada milhares de vezes para determinar as chances de cada time ser campeão – ou rebaixado. 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*