Campinas investiga suspeita de morte por febre maculosa no Jardim Chapadão


Caso foi registrado nesta quarta-feira (14) no sistema do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa). Carrapato-estrela é o responsável por transmitir a febre maculosa
CDC/ Dr. Christopher Paddock/ James Gathany
A Prefeitura de Campinas (SP) informou que investiga uma suspeita de morte por febre maculosa, transmitida pelo carrapato-estrela, no Jardim Chapadão. O caso foi registrado nesta quarta-feira (14) no sistema do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa).
A investigação foi iniciada com uma visita domiciliar que aconteceu nesta quarta, disse a Prefeitura. “Será feita, ainda, a pesquisa acarológica, para verificar a presença ou não de carrapatos e o tipo de carrapato existente no local de provável infecção”.
Se o caso for confirmado, a Prefeitura informou que vai realizar ações de educação em saúde no local afetado. Ela afirmou ainda que não divulga informações pessoais da vítima.
Doença pode matar
A febre maculosa é uma infecção grave e pode matar. Não existe vacina contra a doença e a orientação para pessoas que passam por áreas de risco é ficar atenta, em até 15 dias, aos sintomas da doença:
Febre
Dor de cabeça
Dor intensa no corpo
Mal-estar generalizado
Náuseas
Vômitos
Ao apresentar um desses sinais, a pessoa deve procurar o serviço de saúde e informar que teve contato com o carrapato e/ou com locais de risco.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: