CHEGOU AO LIMITE

Resultado de imagem para pedro Parente

A recente saída do executivo Pedro Parente da presidência da Petrobrás demonstra o grau de fragilidade em que se encontra o governo brasileiro. Por mais que insista em demonstrar força, segurança e estabilidade, está longe de possuir tais virtudes, o que indica dias difíceis para os cidadãos, empresários e investidores.

Após a atabalhoada negociação com os caminhoneiros, que demorou demais para ser realizada, o governo tenta minimizar detalhes sobre os efeitos desastrosos de sua atuação, mas, infelizmente, isso não adianta.

A falta de credibilidade que possui o precede em todos os campos. Tanto é verdade que, mesmo após agir com firmeza em relação aos preços do diesel praticado nas bombas, vem à tona informação de entidade representativa das distribuidoras de combustível, a Plural, de que o governo errou nos cálculos, e que o valor da redução não passaria dos R$0,41, já que não considerou o biodísel no cômputo final.

Imediatamente surgiram representantes do governo federal para contradizer o fato, porém, os governos de São Paulo e Rio de Janeiro, únicos que geraram na bomba o desconto pleno, informaram que tiveram que alterar imposto estadual para que a conta fechasse e fosse possível reduzir R$0,46 do preço do diesel na bomba de combustível.

Como se vê, o governo patina entre a “Lava Jato”, impopularidade e descrédito, o que faz com que os prejuízos ao país se avolumem, principalmente porque nenhuma das grandes reformas necessárias foi realizada, em praticamente um ano e meio de gestão: nada de reforma tributária( a principal); zero de reforma da previdência; e um arremedo de reforma na área trabalhista, que lhe rendeu recente denúncia na Organização Internacional do Trabalho – OIT, ou seja, mais vergonha e falta de credibilidade. Assim não há país que aguente!

Se o Brasil não fosse a terra da passividade e condescendência, seria possível dizer que chegamos ao limite da tolerância. Pedro Parente, executivo conceituado dentro e fora do Brasil, deve ter percebido isso e saiu. Tchau!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: