Combater facções brasileiras é uma das metas do governo paraguaio

Autoridades paraguaias em evento sobre segurança

Autoridades paraguaias em evento sobre segurança Divulgação/Governo do Paraguai

O Governo do Paraguai apresentou ao Congresso Nacional, nesta quinta-feira (22), uma série de medidas para combater o tráfico de drogas no país. Segundo o ministro do Interior paraguaio, Juan Ernesto Villamayor, no pacote de medidas está o fortalecimento no enfrentamento às facções criminosas brasileiras.

Com o pacote de medidas apresentado, o presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, afirma que pretende fortalecer as entidades de combate a crimes relacionados ao tráfico de drogas.

Nota publicada no site oficial do Ministério do Interior aponta que um dos seis projetos apresentados é a criação de órgãos responsáveis pela execução de penas contra pessoas envolvidas no tráfico de drogas, crime organizado, lavagem de dinheiro, sequestros e financiamento de terrorismo.

Nesta semana, dois brasileiros presos no Paraguai e apontados como traficantes integrantes de facções criminosas foram expulsos do país. Na segunda-feira (19), Marcelo Pinheiro, o Piloto, apontado como líder do Comando Vermelho, foi extraditado. Nesta quinta-feira foi a vez de Rovilho Alekis Barboza, o Bilão, suposto líder do PCC (Primeiro Comando da Capital), ser mandado de volta para o Brasil.

De acordo com o ministro Villamayor, o governo paraguaio estuda a possibilidade de expulsar outros supostos traficantes integrantes de facções brasileiras. Em entrevista à rede de televisão Paraguay TV, o ministro disse que está estudando os casos individualmente para ver quais presos estão em condição de serem expulsos.

O ministro afirma que a expulsão dos brasileiros que estão detidos em presídios paraguaios dependem da autorização do Governo do Paraguai, além da aceitação do Governo do Brasil, que precisa adotar os procedimentos para receber o preso.

Leia também: PCC pode se aliar ao traficante Minotauro para dominar fronteira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: