Cratera aberta há anos preocupa moradores de bairro em Avaré 

Os moradores do bairro Europa II, em Avaré (SP), estão preocupados com a chegada do período chuvoso na região, pois a cratera existente no bairro desde o final de 2014, que já engoliu diversas ruas, ainda não foi ‘fechada’ e, com a chuva da chuva, a tendência é que o buraco aumente.

Em nota, a prefeitura disse que a empresa responsável abandonou a obra em 2016. Por isso, o Executivo rescindiu o contrato e notificou a empresa, que deve pagar uma multa pelo não cumprimento.

A prefeitura ressalta ainda que o restante do valor que não foi repassado para essa empresa está bloqueado até que situação jurídica seja resolvida.

A Secretaria de Obras também informou que está finalizando um novo projeto de recuperação ambiental da área afetada pela erosão e que em breve vai usar mão de obra própria para resolver o problema.

Além disso, a pasta afirma que o atraso teria ocorrido devido à dificuldade em conseguir as autorizações necessárias para a intervenção e também pela falta de recursos para a execução do projeto, mas afirmou que a expectativa é que o processo de recuperação seja iniciado até o final de outubro.

Preocupação

O funcionário público André de Paulo mora em frente à cratera e conta que toda vez que chove tem medo que o buraco aumente e chegue até a sua casa.

“Tínhamos uma rua pavimentada, mas ela foi levada pela cratera. A prefeitura começou uma obra, fez a canalização, mas parou e foi levada junto com as chuvas dos últimos meses. Agora com a chegada dessa época, estamos preocupados que o buraco aumente”, conta.

De acordo com o geógrafo André Sartori, se nada for feito para controlar essa erosão, ela pode atingir as casas e colocar em risco a vida de quem mora no bairro.

“Essa erosão é causada pela ação da água que causa buracos que vão aumentando até atingir os lençóis freáticos e encontrar um equilíbrio e, neste processo, vai causando uma destruição. Se nada for feito para conter a erosão a tendência é que ela continue crescendo”, explica.

Confira mais notícias do G1 Itapetininga e Região

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: