Dia das Crianças com livro para ler | Clarice, Llosa e mais 11 autores que também escreveram para crianças

Rachel de Queiroz, João Ubaldo Ribeiro, Clarice Lispector, Eduardo Galeano, Salman Rushdie, José Saramago… Esses autores estão entre os grandes da literatura e são conhecidos principalmente por conta dos seus livros pensados para um público adulto. Mas você sabia que todos eles escreveram para os pequenos? Neste Dia das Crianças, separei nove – treze contando o bônus – escritores de “livros adultos” que também já publicaram títulos infantis ou juvenis. Veja:

Mario Vargas Llosa – Nobel de Literatura de 2010 e autor de livros como “Conversa no Catedral” (sim, é “no” mesmo) e “A Cidade e os Cachorros”, o autor peruano também escreveu “Fonchito e a Lua”, no qual o pequeno Fonchito, que aparece em alguns de seus romances, precisa buscar a lua para que possa dar um beijo no rosto de uma colega de escola.

Carlos Drummond de Andrade – considerado por muitos o maior poeta brasileiro de todos os tempos, Drummond é também autor do infantil “História de Dois Amores”. No livro, um elefante vira amigo da pulga que habita a traseira de sua orelha. No entanto, com o passar do tempo, o pequeno bicho se torna cada vez mais inconveniente, fazendo com que o trombudo tenha que tomar alguma atitude.

Clarice Lispector – escritora queridinha da internet e em crescente evidência no mundo, em “A Vida Íntima de Laura” Clarice conta a história de uma galinha extremamente burra, mas boa de trabalho, que bota mais ovo do que qualquer uma de suas colegas.

QUER SER FELIZ? LEIA CLARICE LISPECTOR – TEXTOS DA AUTORA SÃO TRANSFORMADOS EM LIÇÕES DE AUTOAJUDA

João Ubaldo Ribeiro – em “Dez Bons Conselhos de Meu Pai”, o baiano autor de “Viva o Povo Brasileiro” narra a história de um pai que busca transmitir para seu filho todo o amor pelos livros e pela construção do conhecimento.

José Saramago – outro Nobel de Literatura, este de 1998, o português José Saramago, autor de “Ensaio Sobre a Cegueira” e o “Evangelho Segundo Jesus Cristo”, fala sobre um garoto que vai pescar no Tejo, tem sua linha estourada por um peixe e depois tenta resolver as suas diferenças com o animal em “O Silêncio da Água”.

Eduardo Galeano – um dos escritores uruguaios mais importantes dos últimos tempos, autor, dentre outros, do clássico “As Veias Abertas da América Latina”, sobre a formação do continente, em “História da Ressurreição do Papagaio” Galeano faz uma fábula em formato de cordel sobre a criatividade do ser humano.

EDUARDO GALEANO FOI MUITO ALÉM DE “AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA”

Rachel de Queiroz – a cearense reconhecida pelo romance “O Quinze” também assina “Cafute e Pena-de-Prata”, que, além de um título ótimo, sonoro, tem a história de dois pintinhos criados de formas completamente diferentes: um no galinheiro, outro em uma chocadeira elétrica.

Salman Rushdie – conhecido principalmente por já ter sido jurado de morte por extremistas islâmicos, o indiano autor de “Os Versos Satânicos” assina também “Luka e o Fogo da Vida”. No título, o pequeno mago Luka, após uma trapalhada com o circo da cidade, precisa roubar o Fogo da Vida para salvar seu pai de um poderoso feitiço.

Neil Gaiman – o britânico Neil Gaiman é um cara que ataca em todas as frentes, tem romances festejados (“Deuses Americanos”), volumes de contos respeitados (“Mitologia Nórdica”) e assina uma das séries de HQs mais importantes da história (“Sandman”). É autor também de alguns livros infantis, como “O Dia de Chu” e “Instruções”, no qual brinca com orientações para entender histórias fantásticas e compreender a própria jornada da vida.

Bônus: além desses consagrados, alguns escritores “de livros adultos” já bem respeitados em nossos dias também têm trabalhos pensados às crianças. Alguns exemplos: Tatiana Salem Levy escreveu “Curupira Pirapora” e “Tanto Mar”, Antonio Prata é autor de “Felizes Quase Sempre”, Vanessa Barbara, de “Endrigo – O Escavador de Umbigo”, e Ferréz, de “Amanhecer Esmeralda”.

Me acompanhe também pelo Twitter e pelo Facebook.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*