Frio espanta doadoras e único banco de leite da região tem estoque baixo

Unidade de Itapeva atende 14 cidades e é referência na região. Doações podem ser feitas na Santa Casa de segunda a sexta-feira, das 8h até as 17h.

O único banco de leite da região fica em Itapeva (SP) e está com falta de doações de leite materno, segundo a instituição, por causa da chegada do frio. De acordo com a médica Elaine Moreira Lopes, que é responsável pelo banco, a unidade atende 14 cidades, por isso as doações são tão necessárias.

Elaine ressalta ainda que, apesar da campanha intensa dentro da maternidade para tentar aumentar as doações, o número de doadoras diminui nesta época do ano.

“A locomoção é um dos principais problemas, pois algumas doadoras moram longe e o transporte público é precário. Daí com a chegada do frio, elas não vêm até o hospital”, afirma.

A médica afirma que com a falta de doadoras, o banco de leite depende das mulheres que estão no hospital. “Ficamos sujeitas a receber doações de mães que estão aqui, porém nem sempre elas podem fazer a doações, pois na maioria das vezes estão tomando algum medicamento proibido”, explica.

Ainda de acordo com a especialista, qualquer mulher em fase de amamentação pode doar. “A mulher pode doar mesmo que o filho esteja completando 10 meses. Se ela ainda tem leite, pedimos que venham até a unidade para doar. Os exames são rápidos e se ela conseguir vir uma vez na semana já ajuda”, comenta.

O filho da estudante Eunice Raidana Santos nasceu de 27 semanas e está há 40 dias internado na UTI Neonatal, e para sustentar seu filho, ela faz a doação. “Por ter nascido prematuro, ele não consegue pegar o leite direto do seio, por isso eu faço a doação ao banco de leite, e assim, tanto ele, quanto as outras crianças que estão internadas são amamentadas através de sonda”, conta.

As doações podem ser feiras diretamente na Santa Casa de Itapeva, que está localiza na rua Santos Dumont, 433 na Vila Ophelia. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h até as 17h.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*