Governo americano confirma saída do tratado de desarmamento INF

O governo dos Estados Unidos confirmou nesta sexta-feira oficialmente a saída do tratado de desarmamento nuclear INF e voltou a acusar a Rússia de violar o texto bilateral emblemático, assinado ao final da Guerra Fria.

“A retirada dos Estados Unidos conforme o artigo XV do tratado tem efeito hoje porque a Rússia não retornou ao respeito total e verificado”, afirma em um comunicado o chefe da diplomacia americana Mike Pompeo, que está em Bangcoc, onde acompanha uma reunião de países do sudeste asiático. 

Alguns minutos antes, a Rússia anunciou o fim do tratado “por iniciativa dos Estados Unidos”. O vice-ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Riabkov, afirmou que seu país propôs aos Estados Unidos uma moratória na instalação das armas nucleares. Washington suspendeu em meados de fevereiro sua participação, ao acusar Moscou de fabricar mísseis que não estavam de acordo com o estipulado no tratado. 

A retirada dos dois países acaba com o tratado INF que, ao proibir o uso de mísseis com alcance de entre 500 e 5,5 mil quilômetros, permitiu a eliminação dos projéteis balísticos SS20 russos e Pershing americanos espalhados pela Europa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: