Juiz manda OAB apurar ausência de advogado em audiência

juiz jorge luiz tadeu

juiz jorge luiz tadeu Gazeta Digital

O juiz Joge Luiz Tadeu, da 7º Vara Criminal de Cuiabá, determinou que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT) apure o motivo da ausência do advogado Wagner Rogério Neves de Souza na audiência referente a Operação Rêmora. O profissional não compareceu e não justificou a falta ao juízo, assim como seu cliente Fábio Frigeri. O delator Luiz Fernando da Costa Rondon seria interrogado na manhã desta quinta-feira (1), mas não foi ao fórum e o magistrado agendou nova data para a oitiva.

 

Leia também -Abertas inscrições para curso gratuito de informática voltado ao público feminino

 

Ao ser intimada da decisão, a OAB irá abrir procedimento no Conselho de Ética e Disciplica para averiguar a conduta do advogado.

 

Além do trio, o delator Giovani Guizardi, dono da Dínamo Construções, também não apareceu na audiência. Exceto por dispensa do juízo, todos os réus e advogados são obrigados a acompanhar os depoimentos, para que não aleguem cerceamento da defesa, posteriormente.

 

“Determino que seja oficiado à OAB/MT, para apuração da desídia do Advogado de Defesa de Fábio Frigeri, Dr. Wagner Rogério Neves de Souza, uma vez que devidamente intimado sequer compareceu à presente audiência ou apresentou qualquer justificativa”, é a decisão.

 

No documento, o magistrado também homologou a desistências das testemunhas do réu Wander Luiz dos Reis, Simone Cristina Rubim Ferreira, Bruna Luísa Previatti e Nuccia Maria Gomes de Almeida.

 

Jorge Luiz também deferiu a substituição da testemunha Almir Augusto Campos, requerida pela defesa de Fábio Frigeri, por Helcio Monteiro da Costa.

 

Com a audiência suspensa, o juiz determinou continuidade da oitivas para o dia 9 de agosto, às 9h. Na ocasião serão interrogadas Nayara Yamamura Rios, Yumi Julia Matsubara Pereira, Jannylene Alves Pereira, Vitório Sales Da Cruz, Patrícia Medeiros Montefusco, Jorge Wilian Corrêa e Erinaldo Vitório.

 

Outro lado
Procurado, o advogado afirmou que se ausentou por motivos médicos e que irá justificar a ausência ao juízo e à Ordem.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: