Justiça condena vereador e filho a pagarem multa após agressão em Artur Nogueira


Valor será destinado à Assistência de Idosos Desamparados da cidade. Confusão entre parlamentares aconteceu em agosto deste ano. A Câmara dos Vereadores de Artur Nogueira
Reprodução / EPTV
A Justiça condenou o presidente da Câmara de Vereadores de Artur Nogueira (SP), Ermes Dagrela (PR), e o filho, Ermes Rodrigues Gama, ao pagamento de multas no valor de R$ 600 no total, após o caso de agressão envolvendo o vereador Luiz Rodrigo de Faveri (PTB), em uma briga em frente ao prédio da Câmara, no dia 16 de agosto deste ano. O valor será pago em três parcelas pelos dois parlamentares e será destinado à Assistência aos Idoso Desamparados (Aidam). A agressão aconteceu após uma suposta discussão sobre a concessão do serviço de água e esgoto da cidade. A briga só foi encerrada após intervenção de moradores que passavam pela região. A Guarda foi ao local e os três foram levados para a delegacia, onde apresentaram versões diferentes sobre o caso.
A reportagem da EPTV tentou contato com o advogado de Ermes, mas não obteve retorno. A Polícia Civil registrou um boletim de ocorrência para analisar as imagens gravadas na área externa da Câmara. Vereadores brigam em frente à Câmara de Artur Nogueira (SP)
Câmara Municipal de Artur Nogueira
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: