Ladrões fazem furtos diários de hidrômetros em bairro de São Paulo

Moradores da Vila Maria reclamam de ladrões de hidrômetros

Moradores da Vila Maria reclamam de ladrões de hidrômetros

Moradores da Vila Maria, na Zona Norte da capital, reclamam do furto de hidrômetros, os relógios de água. Metade das casas da Rua Pedros Vilalobos Martin já foram furtadas, relatam.

“Todo santo dia são duas, três casas”, afirma o líder comunitário Cleber Barbosa. Ele já perdeu dois hidrômetros e precisou comprar o terceiro. Cada peça nova custa R$ 43. Um dos furtos ocorridos na rua foi registrado por câmeras de segurança.

Em alguns casos, os ladrões roubam portões colocados especialmente antes da entrada principal das casas para proteger o hidrômetro.

A Sabesp afirma que os casos de furto de hidrômetro representam menos de 1% dos casos registrados pela companhia. A empresa admite, porém, que esse tipo de ocorrência cresceu 25% de janeiro a setembro desse ano.

A empresa informa que é obrigatória a instalação de uma caixa que preserve a integridade do medidor e que pode ser comprada em depósitos e casas de materiais de construção.

A Secretaria da Segurança Pública informou que dois casos de furto foram registrados em setembro na delegacia de Vila Maria e estão sendo investigados. E que entre janeiro e agosto, 77 pessoas foram presas no bairro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: