Número de mortos por ataque a tiros em El Paso sobe para 22

Moradores fazem vigília por vítimas de ataque

Moradores fazem vigília por vítimas de ataque REUTERS/Callaghan O’Hare/04.08.2019

O número de mortos pelo ataque a tiros ocorrido na cidade americana de El Paso, no Texas, no último sábado (3), subiu para 22 nesta segunda-feira (5), de acordo com comunicado da polícia local.

Duas vítimas foi a óbito no hospital onde estavam internadas desde o tiroteio em  massa.

https://platform.twitter.com/widgets.js

O incidente se deu em um supermercado Walmart, quando um jovem branco de 21 anos abriu fogo contra quem circulava pela loja. O estabelecimento estava perto da sua capacidade de lotação quando começaram os disparos, com centenas de clientes e ao menos 100 funcionários no local, segundo a rede de notícias americana Fox News.

Violência armada

Além do tiroteio em El Paso, a cidade de Dayton, no Texas, também foi palco de um ataque a tiros que deixou nove mortos e mais de 20 feridos no fim de semana. O período de 72 hora entre sexta-feira (2) e domingo foi o mais letal da violência armada nos Estados Unidos nos últimos dois anos, ficando atrás apenas do dia 1º de outubro de 2017, quando um atirador abriu fogo contra a multidão que assistia a um festival de música em Las Vegas, matando 58 pessoas.

Nesta segunda-feira pela manhã, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se pronunciou na Casa Branca e prometeu combater o racismo, a intolerância e as ideias de supremacistas brancos: “Isso fará a América verdadeiramente segura e melhor para todos”.

Pelo Twitter, Trump ainda pediu que os parlamentares republicanos e democratas aprovassem, com urgência, uma lei de verificação rígida de antecedentes para compra de armas.

O presidente americano sugeriu que a legislação fosse “casada” com uma reforma imigratória “desesperadoramente necessária”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: