Projeto que transfere Campanha de Popularização do Teatro à Prefeitura é aprovado na Câmara de Campinas

Vereadores de Campinas (SP) aprovaram, em 2ª votação, projeto de lei 266/2017 (Foto: Câmara de Campinas)Vereadores de Campinas (SP) aprovaram, em 2ª votação, projeto de lei 266/2017 (Foto: Câmara de Campinas)

Vereadores de Campinas (SP) aprovaram, em 2ª votação, projeto de lei 266/2017 (Foto: Câmara de Campinas)

Com 26 votos favoráveis e um contra, a Câmara dos Vereadores de Campinas (SP) aprovou nesta quarta-feira (11), em 2ª votação, o projeto de lei 266/2017, do Executivo, que transfere a organização da Campanha de Popularização de Teatro das mãos da Associação dos Profissionais de Teatro de Campinas (APTC) para a Secretaria de Cultura. Agora o texto segue para sanção do prefeito.

Antes da votação os vereadores deliberaram sobre emendas apresentadas pelo líder de governo, Marcos Bernadelli (PSDB), e que recebeu parecer favorável. Entre as alterações propostas estão a inclusão de dois membros indicados pelas entidades artísticas na Comissão Organizadora do evento e a realização de chamamento público para cadastrar entidades da cidade.

Em entrevista ao G1, o secretário de Cultura de Campinas, Ney Carrasco, defendeu o projeto que, para ele, apenas corrige um “erro”, já que não poderia haver uma instituição beneficiada por uma lei pública. “A APTC pode continuar participando, mas não pode deter o monopólio da exclusividade. Ou pode fazer a campanha que ela quiser.”

O projeto de lei aprovado nesta quarta (11) é alvo de críticas pela APTC. O presidente da entidade, Ton Crivelaro, chegou a classificar a proposta como “roubo de ideia”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*