Região de Campinas registra casos positivos de sarampo em Valinhos e Vinhedo


Com um paciente infectado com o vírus em cada município, região passa a ter 17 casos confirmados da doença neste ano. Vacina contra o sarampo, chamada tríplice viral, também protege contra rubéola e caxumba
Nayara de Paula/G1
A região de Campinas (SP) registrou novos casos confirmados de sarampo em Valinhos (SP) e Vinhedo (SP). Com um paciente infectado com o vírus em cada município, a região passa a ter 17 casos confirmados da doença neste ano (veja a lista completa abaixo).
Americana: 1 caso
Campinas: 8 casos
Hortolândia: 1 caso
Indaiatuba: 3 casos
Jaguariúna: 1 caso
Sumaré: 1 caso
Valinhos: 1 caso
Vinhedo: 1 caso
As cidades incluídas na lista da Secretaria de Estado da Saúde e no Ministério da Saúde devem disponibilizar a “dose zero”, uma vacina extra que é aplicada em crianças de seis a 11 meses de vida. Ela não exclui a criança de tomar as outras doses obrigatórias – aos 12 e 15 meses.
49 cidades de SP estão na lista; confira aqui
A tríplice viral, que também previne contra rubéola e caxumba, também deve ser aplicada, com 15 dias de antecedência ao deslocamento, em bebês que vão viajar para qualquer um dos locais listados no Ministério da Saúde.
Valinhos
O caso de Valinhos foi confirmado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quarta-feira (14), que não informou mais detalhes sobre o paciente. A Prefeitura havia divulgado oito casos suspeitos nesta manhã, mas disse que não foi notificada sobre o caso confirmado. Veja abaixo a íntegra da nota divulgada pela administração municipal: “Valinhos não foi oficialmente notificada pela Secretaria Estadual de Saúde sobre nenhum caso de sarampo confirmado na cidade. Assim que a Secretaria Estadual de Saúde comunicar o Município sobre o caso confirmado e enviar as doses necessárias da vacina para a vacinação em crianças a partir de 6 meses, Valinhos imediatamente vai iniciar a vacinação e promover campanhas de orientação aos moradores”.
Vinhedo
O caso de Vinhedo, confirmado na terça-feira (13) e divulgado também nesta quarta, é tratado como importado. A paciente é uma mulher de 24 anos, moradora do bairro da Capela, que estuda e trabalha em São Paulo e vai para o município aos finais de semana. A cidade tem 11 casos suspeitos, sendo um positivo. Apesar da confirmação, o município não está na lista de cidades com casos confirmados da doença.
Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar Infografia: Karina Almeida/G1
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: