Romênia: restos mortais de jovem morta por estuprador são achados

Assassinatos de jovens comoveram o país

Assassinatos de jovens comoveram o país
Inquam Photos/Reuters – 28/07/2019

Autoridades da Romênia encontraram nesta segunda-feira (5) os restos mortais de outra vítima do assassino e estuprador detido na semana passada por matar uma menina de 15 anos que tinha conseguido se comunicar várias vezes com a polícia, mas não foi resgatada a tempo.

Os restos mortais desta segunda vítima, de 18 anos, foram achados por investigadores da Promotoria que seguiam as indicações do próprio assassino, um mecânico de 66 anos. No dia 25 de julho, ele confessou ser o responsável pela morte da menor e de outra jovem desaparecida em abril na mesma região.

O caso da semana passada provocou uma crise no governo social-democrata romeno, incluindo a renúncia de dois ministros e vários outros funcionários do alto escalão, pressionados pela falta de eficácia da polícia na procura pela jovem.

Segundo o acusado, detido em 26 de julho e acusado de crimes de tráfico de menores, estupro e assassinato, os restos mortais encontrados hoje pertencem à jovem de 18 anos.

Os ossos estavam carbonizados e misturados com cinzas, dentro de um saco. A identidade da vítima será confirmada através de um teste de DNA, assim como o que permitiu identificar a jovem de 15 anos no fim de semana.

Os ossos queimados da menina foram achados em 26 de julho na casa do suposto assassino depois que a menor ligou várias vezes para a polícia para pedir ajuda e denunciar que tinha sido sequestrada enquanto pedia carona e que estava sendo mantida em cativeiro em uma casa na cidade de Caracal.

A polícia demorou 19 horas para entrar na casa desde que foram feitas as ligações, o que gerou uma onda de indignação pela suposta negligência das autoridades.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: