Viracopos fecha 2019 com melhor fluxo de passageiros da história do aeroporto


Segundo a concessionária, passaram 10,5 milhões de pessoas pelo empreendimento no ano passado inteiro. Antes, número mais alto havia sido em 2015. Aeroporto Internacional Viracopos espera receber 141 mil passageiros neste feriado
Ricardo Lima
O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), teve o melhor fluxo de passageiros da história do terminal em 2019. De acordo com dados da concessionária Aeroportos Brasil, que administra a estrutura, passaram 10,5 milhões de pessoas pelo empreendimento no ano passado inteiro. Antes do novo recorde, o número mais alto havia sido registrado em 2015, com a movimentação de 10,3 milhões de turistas. O índice do ano passado contrapõe totalmente o de 2018, quando o aeroporto registrou o pior fluxo de passageiros da histórias da concessão, que teve início na metade de 2012. Apesar da alta na movimentação, o número ainda está abaixo do que era esperado quando o terminal foi privatizado – a expectativa era que Viracopos movimentasse 20 milhões de passageiros por ano. A frustração na demanda de passageiros colaborou para que o aeroporto entrasse em uma crise financeira. Em recuperação judicial há quase dois anos, a concessionária tenta negociar com os credores para se manter à frente do terminal e estuda a possibilidade de relicitação. Veja no gráfico abaixo os números completos do fluxo de passageiros em Viracopos em todos anos desde 2013, quando as estatísticas começaram a ser divulgadas pela Aeroportos Brasil. Os dados correspondem a embarque e desembarque dos voos domésticos, internacionais e conexões.
Se considerar apenas o mês de dezembro, o aumento foi de 6,15% em um ano. Segundo o balanço da concessionária, passaram pelo aeroporto 895,4 mil passageiros, enquanto no mesmo período de 2018 o índice foi de 843,6 mil pessoas. A justificativa da concessionária para o aumento na movimentação de passageiros é as novas rotas internacionais. Atualmente, Viracopos tem voos para Orlando, Fort Lauderdale, Lisboa, Buenos Aires, Bariloche e Porto.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: